Caçapava Online Tv
Fale com o delegado
Carro

Política

Polêmica festa dos professores repercurte em todo o país

Públicado em: 26/10/2013 às 23:02:23  
A polêmica festa do Dia dos Professores, realizada no último final de semana em um clube de Caçapava, ganhou destaque em grandes mídias do país. A presença de gogo boys e mulheres dançando dentro de gaiolas chamaram a atenção durante a festividade.

A discussão sobre o evento começou a ganhar repercussão no início da semana através das redes sociais, quando algumas fotos da festa foram publicadas em grupos de debate de Caçapava no Facebook. Não demorou muito e, as imagens, foram parar nas grandes mídias da região, como TV Vanguarda e jornal O Vale, e de todo o país, sendo exibidas pelo Jornal da Record e da Cultura.

Em nota, a prefeitura alegou que os gastos com a contratação do buffet e dos dançarinos não foram feitos com dinheiro público e, sim, com o lucro das vendas dos ingressos. O secretário de educação, Sidnei Sanita, será convocado pela Câmara dos Vereadores para prestar explicações.

Confira abaixo a nota oficial divulgada pela prefeitura:

A respeito do baile dos professores municipais, organizado por um bufett contratado pela categoria e realizado no dia 18 de outubro no Grêmio Recreativo Nestlé, o Município de Caçapava presta os seguintes esclarecimentos:

1 - O baile dos professores é realizado há oito anos em homenagem ao Dia do Professor (15 de outubro). O evento, como aconteceu nos anos anteriores, foi organizado pelo mesmo buffet, responsável pela contratação da banda. É um evento extra-oficial, que não consta no calendário oficial do município. 2 - Ao contrário do que afirmaram os vereadores Paulo Lanfredi, Reginaldo Sena e Marcello Prado (na sessão de Câmara do dia 22 de outubro) não foi gasto um centavo do dinheiro público com o baile, uma que vez que o evento foi uma iniciativa privada e realizado num local privado. Tanto não houve dinheiro público envolvido, que foram vendidos ingressos a R$ 60 para o baile. Ressalte-se que na matéria publicada pelo G1 Vale e Região do dia 25 de outubro, intitulada "Festa de Professores em Caçapava tem gogo boys e mulheres em gaiolas", o próprio vereador Paulo Lanfredi afirma que entrou "com requerimento solicitando para saber se houve dinheiro público ou não". Causa estranheza o vereador afirmar convicto uma coisa na tribuna da Câmara e desmentir, posteriormente, o que ele mesmo falou para jornalistas. Fato que revela a postura de uma oposição sistematizada ao governo municipal. Oposição que aumentou depois que a Secretaria de Justiça do Município de Caçapava enviou ao MP (Ministério Público) denúncias de que os quatro vereadores estariam extorquindo empresários. Inclusive, os empresários assinaram as denúncias enviadas ao MP. 3 - O prefeito Henrique Rinco (PSDB) esteve no início do baile para prestigiar os professores e ficou cerca de uma hora na festa. Ele estava acompanhado pela primeira-dama Horacélia de Fátima Trindade, pelo secretário de Saúde (e vice-prefeito afastado) Jairo Junqueira, pela mulher do secretário, Marta Junqueira, pela secretaria de Cultura, Silmara Guedes Ferreira Diniz (também acompanhada pelo marido) e pelo secretário de Educação Sidnei Sanita. O prefeito só soube do show, de responsabilidade da banda (contratada pelo Buffet), por meio de fotos postadas no facebook por uma professora que, segundo ela, não notou nada de mais nas imagens. Ressalte-se que vários maridos das professoras estavam presentes ao evento. 4 - O Município de Caçapava desconhece o fato de que o baile tenha sido "patrocinado por parceiros da prefeitura" até porque quem recebeu o pagamento foi o buffet contratado pelos professores. Caçapava, 25 de outubro de 2013

Comentários

Nome:

Email ( não publicado ):

Comentáio: