Caçapava Online Tv
Fale com o delegado
Carro

Cotidiano

Corte de árvore revolta moradores

Públicado em: 30/01/2014 às 17:58:40  
As outras três árvores da avenida não serão derrubadas

O corte de uma árvore na avenida principal da cidade (Coronel Manoel Inocêncio) causou revolta na população de Caçapava na última semana.

Um munícipe, indignado com a derrubada da árvore, colocou um plástico na cor preta com um cartaz escrito “luto”, simbolizando sua insatisfação com o fato. Em outras três árvores localizadas na mesma avenida foram colocados laços vermelhos e cartazes com pedidos de socorro.

As redes sociais se transformaram no principal palco de reclamações. Muitos internautas postaram fotos e mensagens contra o corte das árvores. Uma das manifestantes foi a bióloga Letícia Fortuna, que chegou a enviar um e-mail ao diretor do Meio Ambiente, Márcio Statutti, questionando sobre os reais motivos da retirada da árvore. “Um ponto importante é em relação à legalidade desse corte, para a permissão da supressão de qualquer árvore, esteja ela dentro de propriedade particular ou em via pública, ela só é permitida perante um laudo técnico, além de uma série de exigências e da compensação ambiental. Em contato com a Secretaria do Meio Ambiente não obtive sucesso, até o momento, em ter acesso a essa documentação. Como cidadã espero que pelo menos todas as medidas legais tenham sido tomadas”, disse a bióloga em entrevista exclusiva a Caçapava Online TV.

Em contato via telefone com a equipe do site, Márcio Statutti afirmou que a árvore foi derrubada porque oferecia risco de queda. “Ela foi condenada pela Defesa Civil. A árvore estava torta, inclinada para rua, foi feita uma análise também pela nossa engenheira. As outras árvores não serão derrubadas”, afirmou Márcio.

Letícia também questionou os cuidados que estão sendo tomados com as árvores da cidade. “Infelizmente o que vemos é a péssima manutenção das árvores adultas: podas inadequadas, canteiros insuficientes, propiciando doenças, quedas de galhos e até mesmo de árvores inteiras. Por esses motivos árvores de grande porte são retiradas e em seu lugar são geralmente plantadas espécies de pequeno porte e geralmente exóticas que não trazem os mesmos benefícios, ou então é feito o plantio de mudas a quilômetros de distância, agravando o problema nas regiões centrais”.

Outro morador de Caçapava está de vigília no local para evitar que as árvores sejam cortadas. “Estou aqui na Av. Coronel Alcântara, para ver quem vai cortar as três árvores que nos pedem socorro. Quem quiser me fazer companhia estou só com uma filmadora”, postou no Facebook o defensor.

Fotos: Caçapava Online TV / Divulgação web

Comentários

Nome:

Email ( não publicado ):

Comentáio: