Caçapava Online Tv
Fale com o delegado
Carro

Cotidiano

Moradores reclamam de som alto de igreja

Públicado em: 25/06/2014 às 23:57:36  
Moradores da rua Marechal Deodoro, localizada na região central de Caçapava, estão reclamando do som alto emitido durante os cultos de uma igreja evangélica situada na mesma rua.

A comunidade evangélica mudou-se para o local há pouco mais de uma semana, mas segundo os vizinhos, já vem causando vários transtornos devido o volume do som ser insuportável. “ Minha mãe, que é idosa, está perturbada com o som alto. Até meu cachorro fica assustado com o barulho. Já tentamos falar com eles (responsáveis pela igreja) mas são todos ignorantes. Existe um limite suportável de perturbação”, desabafa o vizinho Adriano Siqueira.

Os moradores da rua alegam ter tentado por diversas vezes conversar com os responsáveis da igreja evangélica sobre o problema, mas são recebidos com agressividade. “Não tem como conversar com eles. Chegam gritando com a gente”, lamenta a moradora Paloma dos Santos.

Os cultos são realizados durante algumas horas cinco vezes por semana, mas os vizinhos afirmam que não há horário certo para começar o barulho. "O eco entra em nossa casa e não conseguimos dormir, muito menos assistir tv. Isso é todo dia”, explica a vizinha Aparecida de Jesus.

Segundo o pastor Luiz Fernando, a igreja está sofrendo perseguição religiosa por parte dos vizinhos."Aqui já ouve ameças, preconceito racial e interrupção do culto, o objetivo deles é interromper o culto", afirma o pastor. Segundo ele já estão sendo tomadas providências para solucionar o problema do som alto, inclusive reformas estão sendo feitas para vedação do prédio, capaz de impedir a dispersão de sons e ruídos.

Limite

A Lei nº 4.092 de controle da poluição sonora estabelece que o limite máximo permitido de barulho em área residencial é de 50 decibéis (dB) no período diurno e 45 dB à noite. Nas áreas comerciais o limite máximo é de 60 dB, em qualquer período. Já nas áreas industriais é de 70 dB.

Comentários

ricardo diz:

Publicado em 26/06/2014

boa noite!!!!todos tem direito a ter sua religiao e suas crenças!!!!mais també não podem querer que as pessoas que tem religiões diferentes sejam obrigados e ser prejudicado por varias horas,com sons diariamente.

alzeni menezes diz:

Publicado em 26/06/2014

nao sei de q lado ficar eu naõ sou evogelica mais a palavra de deus tem q ser seguida e respeitada já os vizinhos incomodado com o barulho tambem tem o direitos do sosego em fim só a justiça poderar rezover o final desta historia

Isabel diz:

Publicado em 26/06/2014

Preconceito o caramba! Aqui a gente tá sofrendo com a mesma coisa. Eu moro na Ruy Barbosa e a Igreja fica lá na frente do bar do Zé de Abreu (pra quem se lembra), mas às vezes eu estou dormindo e acordo assustada com o barulho que chega AQUI! Deus não é surdo, mas eu vou ficar logo logo com essa FALTA DE RESPEITO! Não tem nada a ver com religião. O problema é você incomodar uma comunidade inteira com um som exorbitante desnecessariamente. Abaixa o som ou a gente faz um Abaixo Assinado.

Daiane diz:

Publicado em 26/06/2014

Deus não é surdo!!!

luciana diz:

Publicado em 26/06/2014

engraçado quando e shou di musicas mundana agenti tem qui engolir agora em adoraçao ao senhor igreja e perceguida palhaçada isso mas deus ta vendo td

Eliane diz:

Publicado em 26/06/2014

O problema Sr. Pastor não é a religião, é o som alto, é a falta de respeito. E não é perseguição, sabe porque? Porque o meu cunhado e meu irmão são evangelicos. Moramos perto de uma igreja e sabemos bem como é (igreja da cidades). Perdemos a paz em nosso em lar. Se vai assistir a TV ou ouvir um rádio, impossível. Nos finais de semana é ainda pior, porque começam cedo e vai até a noite, chegando muitas vezes até de madrugada. Eles já chegaram ao cúmulo de obstruir a saída do Corpo de Bombeiros durante uma emergência. Colocam seus carros em frente as garagens das pessoas. Isso é um péssimo exemplo de falta de respeito e ausência de cidadania e educação, principios que deveriam ser ensinados em uma igreja, afinal a palavra orienta, porém o exemplo arrasta.

rodrigo diz:

Publicado em 26/06/2014

será que os mesmos não se incomodam com o barulho do trem? será que não tem o que fazer? fiquei sabendo que até garrafas foram atirado no telhado da igreja, interrompendo o culto religioso , isso é crime no artigo 208 do código penal, será que se fosse uma danceteria nesse prédio com som ligado, até altas horas esse povo não estariam lá? estivemos uma festa na cidade por esses dias recebendo artistas, que o som estava ouvindo da cidade inteira, imagino de quem morava perto. e ai? e a banda do exército quando toca bem cedinho será que incomoda? vai lá falar com o general ou coronel o que quer que seja, ninguem vai né ? vai lá pular na frente do trem que passa de madrugada estremessendo tudo não vai né? isso tudo tem um nome, perseguição. no mundo espiritual quando a palavra de Deus no louvor toca o inimigo ele estremesse. e não gosta de ouvir, mais quando DEUS manda até o diabo obedece. AÍ DAQUELE QUE TOCAR NO UNGIDO DE DEUS... fica a dica.

eduardo lopes diz:

Publicado em 26/06/2014

.Falar o que tem vou é rasgar o verbo tem alguns comentários de pessoas que dizem não ser evangélica,mas já estão quase adorando a igreja.Ora... não pode, assim como tem umas festividade católicas que exageram no som mesmo sendo nos finais de semana lembro as autoridades NÃO pode viu;,Já este culto com uma semana e imagina isso quanto tempo vai durar eu já metia fogo é na obra e quem quizesse ia adorar deus no brejo.Vai dizer que orar a Deus desrespeitar o próximo, um dos mandamento e nem todos são fieis a esta igreja e por causa disso tem que participar?

eduardo lopes diz:

Publicado em 26/06/2014

até que a obra termine o pastor!... vai rezar no monte sinai ou vai rezar no monte everest dai a 8.000 metros Deus é que vai reclamar que não precisa gritar para ele trazer a salvação.

Elaine diz:

Publicado em 26/06/2014

Desculpa´ mas,eu acho que essas pessoas estão exagerando. Não é bem assim;eu acho engraçado se fosse algum outro evento ;por exemplos:pagode,funk, sertanejo;rock...e assim por diante... podem fazer o barulho que for ai não e incomoda. Agora quando é pra falar da palavra de Deus;quando hinos são entoados para DEUS..AI INCOMODA... Teve ai a festa junina de SÃO JOÃO, e estava alto som deu pra ouvir nitidamente dentro da minha casa. NO ultimo dia então nem se fala...parecia que o cantor Eduardo Costa estava dentro da minha casa. E ai vou reclamar....Nâo né...

mauro diz:

Publicado em 26/06/2014

Alguém reclamou do barulho da festa de São João?????? Agora se há exagero no horário ou barulho alto o pastor tem que como diz a biblia fazer com decência e ordem.

Daiane diz:

Publicado em 27/06/2014

Tem muita gente falando sobre as festas que ocorrem ESPORADICAMENTE, e ocorrem em um tempo relativamente curto. Agora imagine as pessoas que moram do lado, tendo que conviver DIARIAMENTE com esse som, tirando a paz destas pessoas que já moravam lá há tanto tempo. Repito DEUS NÃO É SURDO. Fazer esse escândalo e implicar a ira e descontentamento de tanta gente não vai trazer a salvação.

eduardo lopes diz:

Publicado em 27/06/2014

.Esta festa da qual vocês falam de São João ,sequer eu fui ou gosto e concordo morei longe da festa e parecia que o som vinha de dentro de minha residência de tão alto.Hoje não incomoda pois as caixas são viradas para o lado oposto e mesmo assim no ultimo dia dava para ouvir de tão alto.Você que se incomoda e todos que se incomodam podem sim e devem fazer um abaixo assinado pedindo ao organizador que esse som seja ouvido só para quem esta lá na festa e não para toda cidade ouvir e os vizinhos, respeito por aqueles que não gostam de barulho principalmente quando não são um mais várias outras pessoas que reclamam então tem coisa errada e precisa viu o organizador da festa de são joão respeito por parte da equipe de som que incomodam sim os municipes com som alto e nem vem com esta conversa que a festa só acontece uma vez no ano que isto não justifica a pertubação e desconforto que este som ressoa por toda proximidade e até em bairros longe que ouvem.Faço aqui esta observação desta ocorrência povo não pode se calar se algo está errado.

EDSON AUGUSTO PRUDENTe diz:

Publicado em 27/06/2014

o problema esta no local, o pastor quando foi escolher o lugar deveria ter pensado nisso, eu por exemplo tenho um vizinho que e uma igreja evangélica com os mesmos problemas de ruído e barulho, porem o local e mais aberto, tem poucos vizinhos em frente não tem casa e eles respeitam o horário de ate as 22h, mas nada melhor do que conversar e diminuir por exemplo o som mecânico e o volume dos microfones pra nao abalar a convivência com os vizinhos. ( e um aviso ao pastor, a medição feita pela Cetesb mede o ruído urbano na janela do vizinho reclamante)..... se quiser eu posso fazer laudos prévios de ruido se houver interesse.

Elaine diz:

Publicado em 01/07/2014

Pessoal, cada coisa no seu lugar. Não venham querer confundir as festividades que ocorrem uma vez por ano com uma barulheira desenfreada a semana inteira e, nos finais de semana, o dia inteiro. Na festa de São João, o som dos shows foi durante a noite, das 21:30, 22hs até, no máximo, 23:30. Agora imagina se fosse isso quase todo dia e no final de semana, o dia todo? É claro que a comunidade ia reclamar. Prá tudo há entendimento e tolerância, então não venham com esse argumento fraco de que funk, axé, etc, pode e orar prá Deus não pode!. Não venham com essa ladainha, que são perseguidos, blá, blá, blá... que não cola. Deus não é surdo. Quem quer orar, de verdade, ajoelha e faz, em silêncio, sem alardes,,, sem micaretas. Respeito é bom e todos gostam. Educação também. Fica a dica.

adriano diz:

Publicado em 03/07/2014

para o eduardo lopes sua besta cla sua boca

Oswaldo diz:

Publicado em 05/10/2014

Sou contra qualquer barulho, de dia ou de noite, praticado por quem quer que seja. DEUS criou o ser humano com bondade, e não o obriga a ajoelhar-se como derrotado ou vencido. Prejudicar o próximo é exibir prepotencia nefasta.. Será que ninguem ainda percebeu que religiões e igrejas são sistema arrecadatórios financeiros mais eficientes do mundo.

Daniel diz:

Publicado em 03/10/2016

Eu gostaria que estes locos fossem banidos da terra , junto com os políticos , Estas igrejas que abrem uma a traz da outra desordenadamente é tudo uma lavagem de dinheiro sujo como as católicas. Deveria ser proibido vender imóveis ou alugar para colocar igrejas DE LOCOS , VAGABUNDOS QUE USAM O NOME DE DEUS PARA EGANAR O POVO..

Daniel diz:

Publicado em 03/10/2016

EU TENHO PENA DELES , SÃO TUDO LOCO E DEUS FICA TRISTE .

Nome:

Email ( não publicado ):

Comentáio: